Registo gratuito!

Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 21

Tópico: Ministério da Saúde falseou tempos de espera nos hospitais

  1. #1
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    17.241
    Reputação
    229

    Ministério da Saúde falseou tempos de espera nos hospitais

    Foto não disponível para visitantes, apenas membros. Por favor registe-se ou faça login.

    O Ministério da Saúde apagou pedidos antigos para falsear os tempos de espera no Serviço Nacional de Saúde (SNS). A conclusão é de uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas.

    De acordo com esta análise, divulgada pelo Diário de Notícias (DN), o Ministério da Saúde “limpou” as listas de espera para o SNS, apagando pedidos antigos e, assim, “falseando osindicadores de desempenho reportados”.
    “As iniciativas centralizadas, desenvolvidas pela Administração Central do Sistema de Saúde, em 2016, de validação e limpeza das listas de espera para primeiras consultas de especialidade hospitalar do universo das unidades hospitalares do SNS, incluíram a eliminação administrativa de pedidos com elevada antiguidade, falseando os indicadores de desempenho reportados”, constata o Tribunal de Contas, segundo cita o DN.
    A auditoria relativa aos anos de 2014 e 2016 conclui que o SNS se degradou, nomeadamente em termos do acesso dos utentes a consultas de especialidade e a cirurgias.
    Os tempos médios de espera para uma primeira consulta no hospital subiram “de 115 para 121 dias”, refere o DN, frisando que também aumentou o “incumprimento dos tempos máximos de resposta garantidos de 25%, em 2014, para 29%, em 2016”.
    As listas de espera para cirurgias situam-se nos 27 mil utentes, o que reflecte um aumento de 15%, nota o Tribunal de Contas. Também a espera por uma cirurgia aumentou para 11 dias e o incumprimento dos tempos máximos de resposta garantidos subiu de 7,4% para 10,9%, no período entre 2014 e 2016.
    Assim, o Tribunal de Contas recomenda que o SNS proceda à emissão automática de vales cirurgia dentro dos prazos regulamentares, quando não seja possível cumprir esses tempos nos hospitais públicos, para não pôr em causa a prestação dos cuidados de saúde necessários.

    In: https://zap.aeiou.pt/governo-falseou...antigos-177163

    __________________
    Pronto agora já vou com tudo!!!
    Se de facto esta noticia for verdadeira
    Zam gosta disto.


    “To live is to die, to die is to live. Pure is unpure, unpure is pure.” by Kikyo



  2. #2

    Registo
    Aug 2016
    Sexo
    Local
    coimbra
    Idade
    25
    Mensagens
    301
    Reputação
    7
    Para quando uma revolta por parte dos médicos ?

  3. #3
    Avatar de sacp
    Registo
    Dec 2005
    Sexo
    Local
    margem sul
    Idade
    40
    Mensagens
    2.265
    Reputação
    29
    eles vão fazendo umas greves.. mas não é suficiente.
    Há falta de pessoal, caso contrário não haveria tanto tempo de espera para meras consultas. Estou a falar apenas de recursos humanos, já que para muitos procedimentos pode haver falta de disponibilidade de equipamentos e claro... dinheiro.

    Com isto tudo, os bons profissionais, a verem a coisa cada vez mais degradada, vão saindo... infelizmente.
    Zam gosta disto.

  4. #4

    Registo
    Aug 2016
    Sexo
    Local
    coimbra
    Idade
    25
    Mensagens
    301
    Reputação
    7
    Citar Mensagem Original de sacp Ver Mensagem
    eles vão fazendo umas greves.. mas não é suficiente.
    Há falta de pessoal, caso contrário não haveria tanto tempo de espera para meras consultas. Estou a falar apenas de recursos humanos, já que para muitos procedimentos pode haver falta de disponibilidade de equipamentos e claro... dinheiro.

    Com isto tudo, os bons profissionais, a verem a coisa cada vez mais degradada, vão saindo... infelizmente.

    Mas as greves que eles costumam fazer sºao parvas. Eles revoltam-se imenso quando o governo lhes tenta tirar o direito de trabalhar no público e no privado ao mesmo tempo, quando eles são a única classe social que tem esse privilégio...

  5. #5

    Registo
    Nov 2006
    Sexo
    Local
    Coimbra
    Idade
    48
    Mensagens
    1.407
    Reputação
    26
    As greves dos médicos dizem respeito à retribuição, esqueçam a treta da qualidade de serviço e respeito pelos utentes etc etc etc...o mesmo em relação aos enfermeiros!!!! Um Médico, um Enfermeiro trata o doente da mesma maneira ganhe 10 ou 1000...e se assim não é enganou-se na profissão!!!

    Quanto ao tema em análise, não vejo o problema, aliás as listas deveriam ser ainda mais reduzidas pois não o fazendo aí sim estão a falsear a realidade!!!
    Hoje em dia com o cruzamento de dados e sistema informático é inadmissível que não se proceda à actualização de listas ao dia!!!
    No meu tempo atrevo-me a dizer que mais de 30% dos doentes em Lista já não precisariam de tratamento!!!

    Uma vez um senhor mito irritado entrou no hospital para reclamar que tinha recebido uma carta para a mãe ser operada quando ela tinha falecido há 2 meses!!!...pois bem, o senhor esqueceu-se foi de dar baixa da mãezinha quando ela morreu!!!!
    Resultado: o sr. recebeu uma carta correcta mas que o "ofendeu"...uma senhora que podia estar a ser operada no lugar da senhora sua mãe ainda terá de ser contactada e operada mais tarde...e o senhor ainda gastou tempo e dinheiro na deslocação desnecessária ao hospital se tivesse cumprido com a sua obrigação moral!!!
    Última edição de H-Kente : 19-10-2017 às 16:10
    “Lembrem-se de olhar para cima, para as estrelas e não para baixo, para os pés” Stephen Hawking, 1942-2018

  6. #6
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    17.241
    Reputação
    229
    Citar Mensagem Original de H-Kente Ver Mensagem
    As greves dos médicos dizem respeito à retribuição, esqueçam a treta da qualidade de serviço e respeito pelos utentes etc etc etc...o mesmo em relação aos enfermeiros!!!! Um Médico, um Enfermeiro trata o doente da mesma maneira ganhe 10 ou 1000...e se assim não é enganou-se na profissão!!!

    Quanto ao tema em análise, não vejo o problema, aliás as listas deveriam ser ainda mais reduzidas pois não o fazendo aí sim estão a falsear a realidade!!!
    Hoje em dia com o cruzamento de dados e sistema informático é inadmissível que não se proceda à actualização de listas ao dia!!!
    No meu tempo atrevo-me a dizer que mais de 30% dos doentes em Lista já não precisariam de tratamento!!!

    Uma vez um senhor mito irritado entrou no hospital para reclamar que tinha recebido uma carta para a mãe ser operada quando ela tinha falecido há 2 meses!!!...pois bem, o senhor esqueceu-se foi de dar baixa da mãezinha quando ela morreu!!!!
    Resultado: o sr. recebeu uma carta correcta mas que o "ofendeu"...uma senhora que podia estar a ser operada no lugar da senhora sua mãe ainda terá de ser contactada e operada mais tarde...e o senhor ainda gastou tempo e dinheiro na deslocação desnecessária ao hospital se tivesse cumprido com a sua obrigação moral!!!

    Oh minha mãe... enfim!

    Pois, se calhar o Sr. pensou que isso seria a obrigação do hospital... dar baixa da sra. Digo eu!


    “To live is to die, to die is to live. Pure is unpure, unpure is pure.” by Kikyo



  7. #7

    Registo
    Aug 2016
    Sexo
    Local
    coimbra
    Idade
    25
    Mensagens
    301
    Reputação
    7
    Citar Mensagem Original de H-Kente Ver Mensagem
    As greves dos médicos dizem respeito à retribuição, esqueçam a treta da qualidade de serviço e respeito pelos utentes etc etc etc...o mesmo em relação aos enfermeiros!!!! Um Médico, um Enfermeiro trata o doente da mesma maneira ganhe 10 ou 1000...e se assim não é enganou-se na profissão!!!

    Quanto ao tema em análise, não vejo o problema, aliás as listas deveriam ser ainda mais reduzidas pois não o fazendo aí sim estão a falsear a realidade!!!
    Hoje em dia com o cruzamento de dados e sistema informático é inadmissível que não se proceda à actualização de listas ao dia!!!
    No meu tempo atrevo-me a dizer que mais de 30% dos doentes em Lista já não precisariam de tratamento!!!

    Uma vez um senhor mito irritado entrou no hospital para reclamar que tinha recebido uma carta para a mãe ser operada quando ela tinha falecido há 2 meses!!!...pois bem, o senhor esqueceu-se foi de dar baixa da mãezinha quando ela morreu!!!!
    Resultado: o sr. recebeu uma carta correcta mas que o "ofendeu"...uma senhora que podia estar a ser operada no lugar da senhora sua mãe ainda terá de ser contactada e operada mais tarde...e o senhor ainda gastou tempo e dinheiro na deslocação desnecessária ao hospital se tivesse cumprido com a sua obrigação moral!!!
    Não percebi a parte das greves de retribuição, poderias elaborar (quando tiveres tempo) ?

  8. #8

    Registo
    Nov 2006
    Sexo
    Local
    Coimbra
    Idade
    48
    Mensagens
    1.407
    Reputação
    26
    Citar Mensagem Original de Hades Ver Mensagem
    Oh minha mãe... enfim!

    Pois, se calhar o Sr. pensou que isso seria a obrigação do hospital... dar baixa da sra. Digo eu!
    É do Hospital se o paciente falecer na unidade de Saúde. Caso contrário é da responsabilidade do familiar mais próximo ou instituição que o/a acolhe.
    Aliás hoje em dia existe uma directiva do MS para que o paciente não tenha alta caso esteja em fase terminal, o que há uns anos era prática corrente!

    Citar Mensagem Original de Universitario94 Ver Mensagem
    Não percebi a parte das greves de retribuição, poderias elaborar (quando tiveres tempo) ?
    Os Médicos e os Enfermeiros convocam as suas greves com o fim de obterem melhores condições financeiras, seja de forma directa ou indirecta, tão simples quanto isso
    A teia e as engrenagens para atingir esse objectivo teriam aqui pano para mangas...

    Sim os profissionais de saúde no Estado são mal pagos mas podem sempre optar pelo Privado onde aí são principescamente pagos, claro que nem todos lá chegarão até porque a exigência é outra e a concorrência também!
    Agora, não se pode querer o melhor de dois mundos que é a segurança do empregador público (reforma incluida) e os valores pagos pelos privados!!!

    Enquanto não houver coragem política (a Ordem tem um poder tremendo!!!) para separar o serviço publico do Privado exigindo exclusividade o problema não se resolve!!!
    Última edição de H-Kente : 19-10-2017 às 20:12
    Zam, sacp e Universitario94 gostam disto.
    “Lembrem-se de olhar para cima, para as estrelas e não para baixo, para os pés” Stephen Hawking, 1942-2018

  9. #9
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    17.241
    Reputação
    229
    Citar Mensagem Original de H-Kente Ver Mensagem
    É do Hospital se o paciente falecer na unidade de Saúde. Caso contrário é da responsabilidade do familiar mais próximo ou instituição que o/a acolhe.
    Aliás hoje em dia existe uma directiva do MS para que o paciente não tenha alta caso esteja em fase terminal, o que há uns anos era prática corrente!

    Sim claro! Também não me expliquei bem ehehe


    “To live is to die, to die is to live. Pure is unpure, unpure is pure.” by Kikyo



  10. #10
    Zam
    Zam está offline
    Avatar de Zam
    Registo
    Aug 2005
    Sexo
    Local
    Onde gosto de estar
    Mensagens
    4.605
    Reputação
    32
    Por uns pagam os outros. Há alguns funcionários nesses serviços públicos de saúde (médicos, enfermeiros, administrativos) que "aconselham" o paciente/cliente a ir para o privado. E depois existem os prazos muitas vezes não cumpridos.
    Universitario94 gosta disto.
    A bombar desde Agosto de 2005

Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo

Bookmarks

Regras

  • Você não Colocar novas mensagens
  • Não pode colocar respostas
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar suas msgs
  •