Registo gratuito!

Página 28 de 28 PrimeiroPrimeiro ... 18262728
Resultados 271 a 276 de 276
Like Tree98Gostos

Tópico: Mundo do Metal [actualizado pag 24]

  1. #271

    Registo
    Dec 2017
    Sexo
    Mensagens
    13
    Reputação
    0
    Citar Mensagem Original de Hades Ver Mensagem
    Vagos Metal Fest 2018… Novas confirmações

    Novas confirmações para o Vagos Metal Fest 2018.
    Moonspell, Carach Angren, MasterPlan, Holocausto Canibal, Stonerust e Lost In Pain são os novos nomes agora divulgados.

    Foto não disponível para visitantes, apenas membros. Por favor registe-se ou faça login.


    Moonspell… Quando a maior banda de metal nacional lança um novo trabalho , é para o Vagos Metal Fest quase uma obrigação fazer o convite, e assim foi, recebendoos novamente os grandes Moonspell com um concerto especial com foco no novo trabalho da banda "1755" ! Promete e muito este regresso...
    Carach Angren - Os holandeses são uma das bandas do momento , com o seu metal sinfónico, que terá no palco do festival uma grandeza ainda maior.
    Os MasterPlan são por muitos considerados uma das primeiras super bandas do power metal, formada por ex-membros de bandas como Helloween, Children Of Bodom e Ark , a banda alemã fará no Vagos Metal Fest 2018 um set especial!
    Os Holocausto Canibal são uma instituição do grind/death nacional que farão parte desta grande festa do metal , e com certeza farão deste concerto um desfilar dos melhores temas da sua carreira.
    Já com alguns aninhos de estrada , os hard rockers Stonerust estão preparados para mostrar toda a sua pujança em grandes palcos!
    Lost In Pain, vindos do Luxemburgo , mas com raízes em Vagos, a banda que abre o 2º dia, tem dado cartas e tocado com grandes bandas no Luxemburgo ,chegou a vez de o fazerem por cá, no palco do Vagos Metal Fest !

    Já anunciados : Cradle of Filth - Converge - Dragonforce - Ensiferum - Sinister - Gwydion - Bölzer - Serrabulho - Attic - In Vein - Blame Zeus - Invoke

    In: Vagos Metal Fest 2018… Novas confirmações - Glam Magazine
    Um cartaz espetacular e mesmo ao pé de casa bota mochee

    Enviado do meu VF-795 através de Tapatalk

  2. #272
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    15.582
    Reputação
    225
    Katatonia anunciam hiato de curto-prazo


    Foto não disponível para visitantes, apenas membros. Por favor registe-se ou faça login.
    Num breve comunicado, os Katatonia encerrarão o ciclo de digressão para o álbum “The Fall Of Hearts” pelo Báltico e Rússia para depois entrarem num hiato de curto-prazo. Na missiva pode ler-se: «Precisamos de tirar um tempo para reavaliar o que o futuro reserva para banda.»
    A banda sueca fundada em 1991 por Anders “Blakkheim” Nyström e Jonas Renkse foi pioneira no panorama doom/death metal e evoluiu para sonoridades mais rock, ainda que sempre muito atmosféricas e melancólicas. “Dance Of December Souls” (1993) e “Viva Emptiness” (2003) são os álbuns mais marcantes de uma carreira ímpar.

    In: https://ultraje.pt/katatonia-hiato-2017/

    __________________
    Então mas...mas...mas..... puquê???

    *desalma-se a chorar*
    
     "There is no such thing as a coincidence in this world. There is only the inevitable." by Yuuko Ichihara



  3. #273
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    15.582
    Reputação
    225
    Wacken Open Air 2018: Mais cinco bandas anunciadas para o line up


    Wacken Open Air 2018, o fest já está anunciando as próximas bandas do line up para o próximo ano. As bandas falam por si mesmas!

    Foto não disponível para visitantes, apenas membros. Por favor registe-se ou faça login.

    Judas Priest
    A lenda retorna! Rob Halford, Glenn Tipton, Richie Faulkner, Ian Hill e Scott Travis gravaram um novo álbum e eles retornarão para Wacken com o novo material. 18 álbuns da história do Heavy Metal e inúmeros sucessos imortais, falam um idioma claro sobre o poder criativo da banda.
    Mas também os shows dos britânicos são sempre uma explosão! O último W: O: Um show dos pioneiros do metal certamente pertence aos destaques da história do Wacken e não sem razão, o show foi lançado pela banda como um álbum ao vivo. Vamos fazer isso de novo!


    Dimmu Borgir – Mostra exclusiva do festival alemão
    As estrelas cadentes de Black and Dark Metal estão de volta! Dimmu Borgir anunciou um novo álbum para este ano, o primeiro depois de quase 7 anos sem música nova. Todos aqueles que já ouviram falar disso, falam de uma obra-prima, todos aqueles que ainda não sabem, queimam para saborear.
    O palco principal em Wacken também queimará quando os noruegueses finalmente retornarem. Nós mal podemos esperar por isso! Por sinal, Dimmu Borgir só vai jogar em um festival alemão em 2018 – em Wacken!


    Vince Neil – Most-Mötley Crüe Show
    Com Mötley Crüe, Vince Neil reduziu as etapas mais importantes do mundo há décadas. Agora, o Crüe tem sido história desde 2015, mas a história de Vince Neil continua! Ele interpretará um grande melhor das maiores músicas de Mötley Crüe no palco de Wacken. Com hits imortais como Dr. Feelgood, Kickstart My Heart ou Wildside e a voz de Mötley Crüe!


    Children of Bodom – Mostra exclusiva do festival alemão
    A Finlândia envia uma forte delegação à Wacken! Children of Bodom estão se juntando a seus conterrâneos do Nightwish e Amorphis para esmagar a terra santa mais uma vez. Os heróis do Melodic Death Metal já estiveram em Wacken por oito vezes. Agora eles voltarão para Wacken – e em 2018 eles não tocarão em nenhum outro festival alemão!


    Amaranthe
    Até agora, o amaranto da Suécia marcou presença no Wacken apenas uma vez. Agora é hora da segunda rodada! A banda, com dois cantores e uma cantora, combina melodias cativantes de riffs de heavy metal. Já houve algumas bandas tentando fazer isso, mas Amaranthe definitivamente pertence à Liga dos Campeões neste campo.

    In: Wacken Open Air 2018: Mais cinco bandas anunciadas para o line up - A Ilha do Metal
    
     "There is no such thing as a coincidence in this world. There is only the inevitable." by Yuuko Ichihara



  4. #274
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    15.582
    Reputação
    225
    NOVO DISCO DO DREAM THEATER TERÁ 27 HORAS DE DURAÇÃO


    Foto não disponível para visitantes, apenas membros. Por favor registe-se ou faça login.


    Álbum terá 3 músicas apenas

    Após a saída de Mike Portnoy do Dream Theater em 2010 para expandir seus horizontes musicais tocando bateria no Twisted Sister, parece que finalmente ele conseguiu se entender com seus antigos colegas de banda.
    Após a foto que postaram juntos na noite do Réveillon, John Petrucci e Mike Portnoy anunciaram que estão trabalhando em um novo disco do Dream Theater que terá 27 horas de duração.
    John Petrucci comenta:
    “O disco terá três músicas: A faixa que abre o disco, de 17 minutos, que será a música de trabalho; uma música instrumental de 43 minutos; e outra de 26 horas”.

    O guitarrista prossegue: “A idéia inicial era fazer uma música de 24 horas e entrar para o Guinness Book como a música de Rock Progressivo mais longa da história, tirando o título do Yes. Mas o material estava tão bom que ela estava com 32 horas de duração. Tivemos que cortar 6 solos de guitarra e deixá-la com 26 horas”.
    O baterista Mike Portnoy concorda: “26 horas foi o tempo mais curto que conseguimos deixá-la, sem cortar nenhuma parte indispensável. Também queremos tirar o título de música mais chata da história, que também é do Yes. Por isso, o refrão da música terá 6 horas de duração, mas só repete uma vez, para não ficar cansativo”.
    “As partes instrumentais são longas pra dar tempo do James [Labrie] descansar entre uma estrofe e outra e poder tirar um cochilo de 8 horas no solo de guitarra”, conclui o baterista.
    O lançamento está previsto para 2020 e virá num super box com 30 CDs além de um CD bônus com a versão edit feita especialmente para as rádios com apenas 9 horas de duração: “A versão para as rádios ficou bem comercial”, arremata Petrucci.

    In: Novo disco do Dream Theater terá 27 horas de duração

    _________________________
    
     "There is no such thing as a coincidence in this world. There is only the inevitable." by Yuuko Ichihara



  5. #275
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    15.582
    Reputação
    225
    Morreu o guitarrista dos Babymetal, aos 36 anos


    Foto não disponível para visitantes, apenas membros. Por favor registe-se ou faça login.

    A morte de Mikio Fujioka foi divulgada nas redes sociais da banda japonesa


    Mikio Fujioka, guitarrista dos japoneses Babymetal, morreu a 5 de janeiro, aos 36 anos. A notícia foi agora divulgada nas redes sociais da banda que funde J-Pop (pop nipónica) e metal.
    Conhecido no grupo como Ko-Gami, o guitarrista havia caído de uma torre alta, quando participava de uma observação astronómica, a 30 de dezembro, e não resistiu às lesões sofridas.
    Os Babymetal, fundados em 2010, são formados por três vocalistas femininas e secundados por uma banda de metal, o que faz do grupo uma fusão entre o universo do rock pesado e o imaginário dos teen idols tão próprio da pop japonesa.


    No post de Facebook da banda pode ler-se: "esperamos que ele esteja agora com o seu mestre da guitarra, Allan Holdsworth, a desfrutar de uma sessão épica de guitarras". Holdsworth, guitarrista britânico que influenciou Eddie Van Halen, Joe Satriani e John Petrucci, entre outros, faleceu em abril de 2017, aos 70 anos.
    Veja um vídeo com várias interpretações de Fujioka:


    In: http://blitz.sapo.pt/principal/updat...al-aos-36-anos

    ________________
    tão novo
    
     "There is no such thing as a coincidence in this world. There is only the inevitable." by Yuuko Ichihara



  6. #276
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    15.582
    Reputação
    225
    Moonspell iniciam digressão europeia com os Cradle of Filth


    A banda portuguesa Moonspell inicia na quinta-feira, em Praga, uma digressão europeia conjunta com os britânicos Cradle of Filth, na qual irão apresentar ao vivo “1755”, disco totalmente cantado em português, editado em Novembro.

    Foto não disponível para visitantes, apenas membros. Por favor registe-se ou faça login.

    A digressão, que decorre até 5 de marco, inclui mais de 35 espectáculos em vários países: República Checa, Eslováquia, Hungria, Polónia, Alemanha, Suíça, Holanda, Itália, França, Espanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Suécia e Noruega, de acordo com o agenciamento da banda num comunicado hoje divulgado.
    Os Moonspell editaram a 3 de Novembro “1755”, numa relação com o terramoto que abalou Lisboa há 262 anos, totalmente cantado em português, com o fadista Paulo Bragança.
    O disco é composto por dez temas, com nomes como “1755”, “Desastre”, “Abanão”, “Ruínas” ou “1 de Novembro”, em referência ao dia em que milhares de pessoas morreram em Lisboa, na sequência de um terramoto que se calcula hoje ter tido uma magnitude de 8,5 na escala de Richter, seguido por um maremoto e um fogo que destruiu praticamente toda a Baixa da cidade.
    Gravar um álbum totalmente cantado em português, ao fim de 25 anos de carreira, “foi uma decisão artística, como tudo nos Moonspell”. “A razão foi extremamente simples. O disco liricamente é sobre Lisboa, sobre o que aconteceu na cidade [o terramoto de 1755] e sobre o que aconteceu em Portugal. Utilizamos não só expressões idiomáticas portuguesas, como muitas vezes dizemos Lisboa e Portugal e não queríamos dizer isso em inglês”, explicou Fernando Ribeiro em declarações à Lusa.

    O tema, “In Tremor Dei”, tem como convidado Paulo Bragança, que “vem do fado, mas é muito diferente do fado”.
    O disco inclui ainda uma versão do tema "Lanterna dos Afogados" dos brasileiros Paralamas do Sucesso.
    Apesar de “1755” ser cantado em português, Fernando Ribeiro considera que terá boa aceitação fora de Portugal. “No metal, a língua não é uma barreira, as pessoas gostam mais do ‘feeling’ e o que eu tenho como vocalista é andar no meio das ruínas a contar o que é que se passa, no meio dos vivos e dos mortos”, assinalou.
    O disco é “bastante poderoso”, até porque “fala de um terramoto”.
    “É um álbum agressivo, dinâmico, também melódico de alguma maneira, porque também tenta associar a metade do século XVIII, na zona de Lisboa, toda aquela grande fusão musical e linguística que havia”, disse, recordando que “Lisboa era um dos portos de troca e de comércio mais importantes do mundo”.
    O regresso aos palcos portugueses está agendado para 9 de Março, no Cine-Oriental em Aljustrel. No verão, a banda actua a Julho na V Concentração Motard do Douro, no Peso da Régua, a 27 de Julho no Gerês Rock Fest e em agosto no Vagos Metal Fest.

    In:
    https://mag.sapo.pt/showbiz/artigos/moonspell-iniciam-digressao-europeia-com-os-cradle-of-filth
    
     "There is no such thing as a coincidence in this world. There is only the inevitable." by Yuuko Ichihara



Página 28 de 28 PrimeiroPrimeiro ... 18262728

Bookmarks

Regras

  • Você não Colocar novas mensagens
  • Não pode colocar respostas
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar suas msgs
  •