Registo gratuito!

Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 11

Tópico: Terei Problemas?

  1. #1

    Registo
    Nov 2015
    Sexo
    Local
    Lisboa
    Mensagens
    17
    Reputação
    0

    Terei Problemas?

    Boa tarde, viciados e viciadas!!

    Hoje venho ao consultório para vos falar de algo pessoal e que me está a causar alguns stresses interinos e relacionais!!

    Ora portanto... vejamos a coisa desta seguinte forma... tenho uma relação estável com a minha companheira, mas sinto uma constante tentação de meter as patas fora da cerca.... trabalho longe de casa a cerca de 40 km e ando muito na rua... adoro ver as mulheres... há mulheres por todo o lado... portuguesas.. estrangeiras.. depois são na casados 20 aos 30 a maioria e são todas boas,. de certeza que saem para a noite e que se eu o fizesse estava tramado... acho que não aguentava se visse que a coisa ficava em segredo... mas depois vem a consciência e diz me que eu não gostava do inverso e não é saudável para a relação que o mundo é pequeno e tudo se sabe...ou não.. mas eu não tenho muita sorte e sou mau mentiroso...costumo usar apps como o tinder, o happn, o badoo, o 3nder, o meetme,etc.. com fotos sem cara, e converso muito com mulheres, algumas ate me convidam para saídas e etc... e eu nunca vou por receio. Isto tudo acaba por me desviar muito tempo durante o tempo em que estou fora de casa não penso na vida e nos problemas da vida porque estou concentrado a ver se faço match com alguma gaja estrangeira que resida perto do local de trabalho para la dar uma saltada e é tipo las vegas... o que acontece la fica la... como é que hei de resolver isto? a minha consciência diz me que não posso trair a minha mulher porque sou mau mentiroso e ela não merece, já me deu bastantes provas de que nunca me faria algo do género e tb porque a conheço a uma década e antes de namorarmos sempre vi uma total dedicação apessoa que tem ao lado, por outro lado a minha consciência diz me que se ninguém souber não faz mal.. a vida é curta!! por outro diz me que tenho de terminar a minha relação que sempre quis e aproveitar a vida como eu acho que deva aproveitar e sair e conhecer e comer e desfrutar.. agora uma experiência de vida também vem ao de cima que quando agente esta sozinhos é uma incógnita saber quando é que se vai envolver com alguém e se vai dar ou não vai dar para envolver e quando precisar de alguém do meu lado tenho amigos e família, não tenho mulher que esta comigo todos os dias e me ajuda todos os dias e me da apoio e opinião acerca do que precisar e dorme comigo todos os dias e temos uma vida estável e bacana, para não falar que nas quecas são das melhores que já tive ate hoje, adoro comer a minha mulher é tão gostosa xD … enfim… que dilema!!! mas também gostava de experimentar estrangeiras de todas as nacionalidades e feitios!! além de que recentemente começou a apetecer-me explorar a sexualidade amais níveis.


    Algum conselho de quem se deu ao trabalho de ler o que escrevi?


    Obrigado e bjufas e abraçoS!!
    Universitario94 gosta disto.

  2. #2
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    16.627
    Reputação
    227
    Citar Mensagem Original de wishmaster70 Ver Mensagem
    consciência diz me que se ninguém souber não faz mal..

    Só um aparte: e tens noção que normalmente a verdade, acaba-se sempre por se descobrir... certo????

    EDIT: normalmente, quando se tem tudo em casa, não há necessidade de "saltar a cerca". Digo eu!

  3. #3

    Registo
    Nov 2006
    Sexo
    Local
    Coimbra
    Idade
    47
    Mensagens
    1.376
    Reputação
    26
    Sucinto e directo: Sim tens um problema...de personalidade!
    Repara que o teu "medo" é seres "apanhado", "descoberto", "revelado" o que lhe queiras chamar, portanto todos os rodeios de pseudo bom companheiro, homem etc caiem logo por terra!

    O meu conselho é o seguinte: ou mudas de atitude (o que sinceramente me parece muito difícil de acontecer) ou terminas a tua relação, isto para que o sofrimento de amanha da tua companheira não seja superior ao que terá hoje!

    Eu sei, não é o que gostarias de "ouvir" mas é a triste realidade e só poderás ficar "zangado" contigo próprio.

    Ainda vais a tempo, mas o tempo não para
    “Lembrem-se de olhar para cima, para as estrelas e não para baixo, para os pés” Stephen Hawking, 1942-2018

  4. #4
    Avatar de soosdois
    Registo
    Jun 2015
    Sexo
    Local
    Porto
    Mensagens
    336
    Reputação
    8
    Na minha opinião ninguém é obrigado a estar com ninguém se tens realmente esse desejo todo de estar com outras mulheres (e se antigamente não o tinhas) se calhar está realmente na hora de deixares de ser casado.
    Acredita que no início é difícil ficar sozinho mas tu acabas por te habituar. Agora não fiques com uma mulher por habituação ainda para mais se andas a pular a cerca, simplesmente não vale a pena, estás a magoar uma pessoa que possivelmente gosta de ti e não estás bem contigo próprio.
    Não há nada melhor de que te sentires bem contigo próprio e com a vida.

    *Ela

  5. #5

    Registo
    Aug 2016
    Sexo
    Local
    coimbra
    Idade
    24
    Mensagens
    277
    Reputação
    7
    Citar Mensagem Original de H-Kente Ver Mensagem
    Sucinto e directo: Sim tens um problema...de personalidade!
    Repara que o teu "medo" é seres "apanhado", "descoberto", "revelado" o que lhe queiras chamar, portanto todos os rodeios de pseudo bom companheiro, homem etc caiem logo por terra!

    O meu conselho é o seguinte: ou mudas de atitude (o que sinceramente me parece muito difícil de acontecer) ou terminas a tua relação, isto para que o sofrimento de amanha da tua companheira não seja superior ao que terá hoje!

    Eu sei, não é o que gostarias de "ouvir" mas é a triste realidade e só poderás ficar "zangado" contigo próprio.

    Ainda vais a tempo, mas o tempo não para
    Não concordo com nada do que escreveste, excepto pela parte do conselho. Não acho que possas extrapolar que o medo parte do egocentrismo e não do medo de magoar a mulher, ou de ficar sozinho, por exemplo. Talvez venha da tua experiência no assunto, mas não achei as entrelinhas tão informativas assim.

    Mas como o Kente disse, só tens essas duas opções... embora mudares seja só difícil, não impossível.
    Pouco Santa e wishmaster70 gostam disto.

  6. #6

    Registo
    Nov 2006
    Sexo
    Local
    Coimbra
    Idade
    47
    Mensagens
    1.376
    Reputação
    26
    Citar Mensagem Original de Universitario94 Ver Mensagem
    Não acho que possas extrapolar que o medo parte do egocentrismo e não do medo de magoar a mulher, ou de ficar sozinho, por exemplo. Talvez venha da tua experiência no assunto...
    Lá está como dizes e bem, a análise vem da experiência... Não há aqui medo de magoar a mulher, essa parte apenas encaixa na fase de "justificação". Neste caso o medo consciente ou inconsciente (teria de fazer umas perguntas teste presenciais) reflete-se apenas em relação ao Eu, até porque se fosse em relação ao Nós ou ao Outro a atitude seria diferente. Repara que há uma insistência no "erro", alguns exemplos de frases demonstrativas:

    não aguentava se visse que a coisa ficava em segredo
    eu nunca vou por receio
    não posso trair a minha mulher porque sou mau mentiroso
    minha consciência diz me que se ninguém souber não faz mal
    adoro comer a minha mulher é tão gostosa (...) mas também gostava de experimentar estrangeiras de todas as nacionalidades e feitios!!

    Vamos então dar um nome técnico a este situação apresentada para não melindrar com o termo "problema de personalidade":
    Distúrbio psico-comportamental com transtorno de personalidade
    Última edição de H-Kente : 31-10-2018 às 17:27
    “Lembrem-se de olhar para cima, para as estrelas e não para baixo, para os pés” Stephen Hawking, 1942-2018

  7. #7
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    16.627
    Reputação
    227
    Citar Mensagem Original de H-Kente Ver Mensagem
    Lá está como dizes e bem, a análise vem da experiência... Não há aqui medo de magoar a mulher, essa parte apenas encaixa na fase de "justificação". Neste caso o medo consciente ou inconsciente (teria de fazer umas perguntas teste presenciais) reflete-se apenas em relação ao Eu, até porque se fosse em relação ao Nós ou ao Outro a atitude seria diferente. Repara que há uma insistência no "erro", alguns exemplos de frases demonstrativas:

    não aguentava se visse que a coisa ficava em segredo
    eu nunca vou por receio
    não posso trair a minha mulher porque sou mau mentiroso
    minha consciência diz me que se ninguém souber não faz mal
    adoro comer a minha mulher é tão gostosa (...) mas também gostava de experimentar estrangeiras de todas as nacionalidades e feitios!!

    Vamos então dar um nome técnico a este situação apresentada para não melindrar com o termo "problema de personalidade":
    Distúrbio psico-comportamental
    Lá estás tu com os nomes esquisitos

    Mas sim, penso que em vez de se pensasse no "nós" em vez do "eu" a atitude seria diferente...

  8. #8

    Registo
    Aug 2016
    Sexo
    Local
    coimbra
    Idade
    24
    Mensagens
    277
    Reputação
    7
    Citar Mensagem Original de H-Kente Ver Mensagem
    Lá está como dizes e bem, a análise vem da experiência... Não há aqui medo de magoar a mulher, essa parte apenas encaixa na fase de "justificação". Neste caso o medo consciente ou inconsciente (teria de fazer umas perguntas teste presenciais) reflete-se apenas em relação ao Eu, até porque se fosse em relação ao Nós ou ao Outro a atitude seria diferente. Repara que há uma insistência no "erro", alguns exemplos de frases demonstrativas:

    não aguentava se visse que a coisa ficava em segredo
    eu nunca vou por receio
    não posso trair a minha mulher porque sou mau mentiroso
    minha consciência diz me que se ninguém souber não faz mal
    adoro comer a minha mulher é tão gostosa (...) mas também gostava de experimentar estrangeiras de todas as nacionalidades e feitios!!

    Vamos então dar um nome técnico a este situação apresentada para não melindrar com o termo "problema de personalidade":
    Distúrbio psico-comportamental com transtorno de personalidade


    Reli com mais atenção e fiquei esclarecido. Ontem saltou-me mais a parte do "ela não merece", mas sim, depois de ler com atenção e ver a tua explicação, percebo o teu diagnóstico. Tenho de deixar de vir aqui antes de me deitar, não leio em condições. Obrigado pelo esclarecimento

  9. #9

    Registo
    Nov 2015
    Sexo
    Local
    Lisboa
    Mensagens
    17
    Reputação
    0
    Ainda não tinha tido oportunidade para responder mas agradeço bastante terem lido e darem-se ao trabalho de me responder, e com respostas elaboradas!

    Vou averiguar melhor essa situação desse problema de personalidade e vou também ver se me dedico então a mais um "nós" que a um "eu".

    Se bem que defendo várias teorias de como devemos levar a nossa vida e isso acaba por criar um monte de conflitos em relação a decisões e opções que tomo ou penso em tomar... acho que nós devemos ser respeitadores para com a nossa vida e as pessoas a nossa volta e sermos o mais corretos e justos mesmo sacrificando muitas vezes o nosso instinto ou a nossa intuição para termos uma vida dentro dos padrões que a sociedade assim o exige, mas também julgo que acima de tudo devemos dar ouvidos ao nosso eu interior, e seguir a nossa intuição e a nossa vontade, ler os nossos sentimentos e assim ser feliz, o problema é que eu quero tudo ao mesmo tempo, ter essa vida normal com a parceira que me dou bem e quero explorar o mundo por assim dizer.
    Universitario94 gosta disto.

  10. #10
    Avatar de Hades
    Registo
    Mar 2010
    Sexo
    Mensagens
    16.627
    Reputação
    227
    Dai o Kente referir que "(...) ou terminas a tua relação, isto para que o sofrimento de amanha da tua companheira não seja superior ao que terá hoje!(...)"

    Porque acredita, se fores com isso para a frente, ela vai sofrer... MUITO! E mais tarde tu também irás sofrer.

    Portanto tens que ser tu a decidir o que pretendes: se pretendes ir a outras mulheres, mesmo, pelo que percebo, tendo tudo em casa. Ou sacrificares esse "desejo" e dedicares À tua esposa... e a ti
    Última edição de Hades : 03-11-2018 às 19:04








Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo

Bookmarks

Regras

  • Você não Colocar novas mensagens
  • Não pode colocar respostas
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar suas msgs
  •